Campanha Papai Noel dos Correios é lançada em Pernambuco
07/11/2018 07:43 em PERNAMBUCO

A campanha Papai Noel dos Correios 2018 foi lançada em Pernambuco nesta terça-feira (6). A cerimônia ocorreu na Agência Central do Recife, na avenida Guararapes, em Santo Antônio, no Centro da cidade, e contou com a presença de alunos da Escola Municipal Maria Augusta Dutra, de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife.

Nas agências, a adoção de cartinhas pode ser feita até o dia 21 de dezembro. Pela internet, o prazo vai até 23 de novembro. O projeto, de âmbito nacional, tem como objetivo a “adoção” de cartas enviadas por crianças para o Papai Noel. Os pequenos podem mandar seus pedidos até o dia 14 de dezembro.

A campanha recebe cartas enviadas por qualquer criança para o Papai Noel, incluindo pedidos feitos por estudantes de escolas da rede pública (até o 5º ano do ensino fundamental) e de instituições parceiras, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos. Não é permitida a entrega direta do presente, por recomendação do Ministério Público, como forma de proteger as crianças. O endereço de quem manda as cartas não é informado.

Postos de adoção As cartinhas estarão em agências dos Correios no Grande Recife e também no interior do Estado.

Veja a lista de locais: AC Central: Av. Guararapes, 250. AC Casa Amarela: Rua Padre Lemos, 500. AC Boa Viagem: Av. Conselheiro Aguiar, 4955. AC Marquês de Olinda: Av. Marquês de Olinda, 262. AC Shopping RioMar AC Aeroporto AC Shopping Recife AC Olinda AC Macaparana AC Triunfo AC Limoeiro AC Belo Jardim AC Brejinho AC Igarassu AC Caruaru AC Garanhuns AC Pesqueira AC Petrolina AC São Jose do Belmonte AC Sanharó

Os presentes podem ser deixados em qualquer um dos locais de adoção.

Cartas online Pelo segundo ano, o ‘Papai Noel dos Correios’ também vai disponibilizar na internet. Para essa modalidade, o prazo de adoção vai de 12 a 23 de novembro. Em 2017, foram distribuídos em Pernambuco mais de 20 mil presentes graças à campanha.

 O projeto foi incorporado pelos Correios em 2010, após funcionários da empresa, sensibilizados pelas cartas enviadas por crianças, adotarem os pedidos de forma voluntári

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!