WhatsApp bane contas suspeitas de disparar mensagens anti-PT
19/10/2018 20:37 em INTERNACIONAL

O WhatsApp informou nesta sexta-feira (19) que baniu contas vinculadas a empresas acusadas de fazer disparo em massa de mensagens para campanhas políticas nas eleições 2018.

Entre os números bloqueados, estão contas usadas pelas Quickmobile, Yackows, Croc services e SMS Market. Estas agências foram citadas pela matéria da Folha de S. Paulo, que denuncia o suposto contrato milionário por apoiadores de Bolsonaro para divulgar mensagens contra o PT.

 


Confira a nota na íntegra: 

 "O Whatsapp baniu proativamente centenas de milhares de contas durante o período das eleições no Brasil. Temos tecnologia de ponta para detecção de spam que identifica contas com comportamento anormal para que não possam ser usadas para espalhar spam ou desinformação. Também estamos tomando medidas legais imediatas para impedir empresas de enviar mensagens em massa via WhatsApp e já banimos contas associadas à essas empresas".


O caso

Nessa quinta-feira (18), o jornal Folha de S. Paulo denunciou empresários que bancam campanha contra o PT pelo WhatsApp, comprando pacotes de disparos em massa de mensagens. Ainda de acordo com informações da Folha, essas empresas estão preparando uma grande operação na semana anterior ao segundo turno. 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!