Suspeitos de explodir banco em Jucati morrem após confronto com a PM
25/04/2018 - 7h37 em Polícia

Dois suspeitos morreram após um confronto com a polícia na madrugada desta terça-feira (24), em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. Os integrantes da quadrilha, que faziam um roubo a banco no município de Jucati, na mesma região, chegaram a ser socorridos, mas não resistiram aos ferimentos. Além deles, mais cinco pessoas estavam envolvidas no tiroteio contra policiais militares

Após explodirem um caixa eletrônico ao Banco Bradesco, em Jucati, os sete homens fugiram na tentativa de se livrar da polícia. Os militares iniciaram as buscas, encontrando o grupo na Zona Rural de Garanhuns. Na troca de tiros, três ficaram feridos, e os outros quatro conseguiram despistar os agentes.

O trio alvejado pelos disparos foi socorrido para o Hospital Regional Dom Moura, no mesmo município onde foram encontrados. Apenas um sobreviveu aos ferimentos. Os que vieram a óbito ainda não tiveram o nome divulgado pela corporação.

Os policiais prosseguiram com as buscas e prenderam outros suspeitos, resultando em seis prisões. Com elas foram apreendidas três espingardas calibre 12, dois rifles, dois explosivos, fardamentos do Exército, toucas e cinco veículos, sendo três caminhonetes S-10, um Fiat Uno e um Celta.

Entenda o caso Uma agência bancária do Bradesco foi alvo de explosão em Jucati, no Agreste do Estado, na madrugada desta terça-feira (24). A ação foi registrada por volta das 3h10.

Ainda segundo o 9°BPM, assim que os policiais chegaram ao local, os bandidos tinham acabado de fugir em um veículo S10 de cor branca em direção a Zona Rural de Jucati. Fora da agência foram encontrados cartuchos calibre 12, mas não houve registro de troca de tiros.

 O Bradesco foi interditado e os peritos do Instituto de Criminalística (IC) foram acionados. Ainda não se sabe se os suspeitos conseguiram levar alguma quantia em dinheiro

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!