MDB vai recorrer ao plenário do STF contra decisão que favorece Henry
24/03/2018 18:09 em Política

O MDB nacional informou em nota, neste sábado (24), que recorrerá ao plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) para que os 11 ministros que compõem a Corte analisem a decisão de Ricardo Lewandowski que favoreceu o vice-governador de Pernambuco, Raul Henry. Lewandowski acatou um pedido da defesa de Henry e suspendeu a intervenção da executiva no diretório local, que havia retirado o comando dele e entregue a presidência do partido no Estado ao senador Fernando Bezerra Coelho. 

“Frente à liminar do ministro Ricardo Lewandowski, a direção nacional do partido informa que, embora respeite a decisão monocrática, irá recorrer para que o colegiado do STF reconheça a natureza interna desse processo e a validade das decisões democráticas tomadas pela Executiva do MDB para dissolver o diretório regional de Pernambuco”, afirmou a nota do MDB nacional

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!