Polícia investiga fraudes de verbas públicas que chegam a R$ 12 milhões
27/10/2017 09:41 em Polícia

Operação foi deflagrada em cidades da Mata Norte, Agreste e Região Metropolitana do Recife

 

A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou uma megaoperação no início da manhã desta sexta-feira (27) contra uma quadrilha suspeita de lavagem de dinheiro, fraudes em licitações e organização criminosa. Os investigadores acreditam que os suspeitos chegaram a desviar quase R$ 12 milhões de verbas públicas. Entre os presos, está um ex-prefeito e um vereador da cidade. Uma ex-vice-prefeita foi conduzida coercitivamente.  Os policiais estão espalhados pelas cidades de Buenos Aires, Carpina, Paudalho, Limoeiro, Aliança, Paulista e Recife. Os municípios ficam entre a Mata Norte, Agreste e a Região Metropolitana. No total, nove pessoas são alvo de mandados de prisão preventiva. Entre eles, o ex-prefeito Gislan Almeida de Alencar (PSDB), de 77 anos, e o vereador Flávio José Barbosa de Melo, de 37 anos, ambos de Buenos Aires. Os desvios de dinheiro teriam se iniciado no mandato de Gislan que começou em 2013.

Além das prisões, 14 mandados de busca e apreensão e outros 11 de condução coercitiva foram expedidos pela comarca de Buenos Aires. Todos os presos e conduzidos coercitivamente foram levados para o Departamento de Repressões aos Crimes Patrimoniais (Depatri), no Recife. A ex-vice-prefeita de Buenos Aires, Ana Carolina Maranhão (PSB), foi levada para prestar esclarecimentos à Polícia Civil.

 Investigações

As investigações foram feitas pelo delegado Izaias Novaes, da Delegacia de Crimes Contra a Administração e Serviços Públicos (DECASP). O Ministério Público de Pernambuco, o Tribunal de Contas do Estado e a Controladoria-Geral da União também deram apoio às investigações. A operação é supervisionada pelo chefe da Polícia Civil em Pernambuco, o delegado Joselito Kehrle do Amaral, que deve divulgar os detalhes da ação ainda na manhã desta sexta-feira em uma coletiva de imprensa no Depatri.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!